• O motete Memento homo de Diogo Dias Melgaz: uma perspetiva analítica

    Author(s):
    Luís Henriques (see profile)
    Date:
    2018
    Group(s):
    Music in Évora studies
    Subject(s):
    Music, Musicology, 17th-century music, 17th century, Polyphony, Sacred music
    Item Type:
    Abstract
    Tag(s):
    Évora Cathedral, motet
    Permanent URL:
    http://dx.doi.org/10.17613/M6125Q89N
    Abstract:
    Diogo Dias Melgaz (1638-1700) foi um dos mais destacados compositores seiscentistas associados à Catedral de Évora, da qual foi mestre de capela desde pelo menos 1678 a 1697. Contrariamente aos seus predecessores, sobreviveu até à atualidade um número considerávelde obras que permitem perspetiva a produção deste compositor. Entre essas obras existe uma coleção de motetes para a Quaresma, polifonia vocal sacra a capella, a quatro vozes que remetem para a continuação das práticas polifónicas que colocaram a Catedral eborense entre os mais importantes centros musicais portugueses dos séculos XVI e XVII. Assim, esta apresentação propõe uma perspetiva analítica sobre a obra musical de Melgaz tendo como foco principal o motete Memento homo. Trata-se de uma obra destinada a um dos momentos mais importantes do calendário litúrgico anual: a Quarta-Feira de Cinzae o consequente início do período quaresmal. O compositor utilizou um dos textos mais marcantes da da liturgia para esse dia e o presente estudo foca fundamentalmente a relação entre o texto bíblico e as suas repercussões no texto musical em termos da sua expressividade.
    Notes:
    Integrated in the CESEM/UÉvora Conferences 2018, Colégio Mateus d'Aranda, October 31st.
    Metadata:
    Status:
    Published
    Last Updated:
    8 months ago
    License:
    All Rights Reserved
    Share this:

    Downloads

    Item Name: pdf conferencias_cesem_luis.pdf
      Download View in browser
    Activity: Downloads: 114