• Manuel de Serpa da Silva: Entre a Horta, Massachusetts, a Indústria Baleeira e a construção de órgãos

    Author(s):
    Luís Henriques (see profile)
    Date:
    2018
    Subject(s):
    Musicology, 19th century, Organology
    Item Type:
    Conference paper
    Conf. Title:
    39th Conference of the Portuguese Association for Anglo-American Studies - APEAA
    Conf. Org.:
    Department of Linguistics and Literatures of the University of Évora
    Conf. Loc.:
    Colégio do Espírito Santo, University of Évora
    Conf. Date:
    04/26-28/2018
    Tag(s):
    organ, Azores, Horta
    Permanent URL:
    http://dx.doi.org/10.17613/M65C5C
    Abstract:
    Uma figura muito pouco conhecida, Manuel de Serpa da Silva foi um dos muitos açorianos que ao longo do século XIX emigraram para a Costa Leste dos Estados Unidos da América a bordo dos veleiros da Indústria Baleeira. Uma realidade hoje desconhecida foram estes veleiros cenário de um universo literário muito próprio que teve muito provavelmente a máxima expressão em Moby Dick or The Whale de Herman Melville. Longe de quaisquer romantismos, as viagens na frota baleeira americana eram para as gentes açorianas de oitocentos o meio mais eficaz de garantir passagem para a costa americana. Terá sido este o itinerário seguido por Manuel de Serpa da Silva, artífice marceneiro natural da cidade da Horta na ilha do Faial, que emigrou na década de 1880 para a região de Boston e New Bedford a bordo de um navio baleeiro. Após meia dúzia de anos, regressou à sua ilha natal onde desenvolveu importante actividade no seu ofício sendo também um dos mais importantes construtores de órgãos do arquipélago no final do século XIX, ofício este que aprendeu em terras americanas. O presente estudo perspectiva a figura de Manuel de Serpa da Silva a partir dos escritos de quem o conheceu, nomeadamente do jorgense Padre Manuel Azevedo da Cunha que lhe dedicou várias páginas nas suas Notas Históricas (1924). Também vários autores frequentes da imprensa da Horta lhe dedicaram alguns textos, onde frequentemente é referido como “o Serpa”, e que expressam a centralidade da cidade numa cultura marítima Atlântica do final do século XIX.
    Metadata:
    Status:
    Published
    Last Updated:
    1 year ago
    License:
    All Rights Reserved
    Share this:

    Downloads

    Item Name: pdf silva_orgaos_faial.pdf
      Download View in browser
    Activity: Downloads: 208