• Manoel de Moraes Pedroso e o "Compendio Musico": apontamentos de voz e corpo enquanto elementos de performance musical

    Author(s):
    Rita Faleiro (see profile)
    Date:
    2017
    Group(s):
    Music in Évora studies
    Subject(s):
    Musicology, Eighteenth century
    Item Type:
    Conference paper
    Conf. Title:
    Jornada Corpo, Palavra, Música
    Conf. Org.:
    Centro de Estudos Comparatistas - Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
    Conf. Loc.:
    Museu Nacional da Música
    Conf. Date:
    07-12-2017
    Tag(s):
    Musical theory, 18th century
    Permanent URL:
    http://dx.doi.org/10.17613/M6PK1K
    Abstract:
    Abstract: O Compendio Musico de autoria de Manoel de Moraes Pedroso, natural de Miranda, foi impresso na segunda metade do século XVIII no Porto, e tem sido já alvo de alguns estudos dirigidos especificamente a esta obra. Sendo constituído por quatro capítulos (Tratado de Cantoria, Tratado de Acompanhamento, Tratado do Contraponto e finalmente Prática para se fazer huma ária, Solo, Duetto, ou qualquer concertado), foi uma fonte fundamental da teoria musical portuguesa, tendo inclusivamente alcance internacional. Sendo certo que tem um grande impacto na aprendizagem do baixo contínuo, como defende Gustavo Angelo Dias, é também manancial de informação fundamental relativa à correcta maneira de interpretar música, seja ela tocada seja ela cantada. Assim, várias são as descrições ao longo do tratado sobre como colocar o corpo, mais especificamente a voz e sobretudo os dedos, para uma correcta interpretação, ou para uma mais fácil execução do texto musical – como devem estar as mãos, como devem estar os dedos, que sequência deve ser utilizada para executar uma escala, onde se deve respirar, ou mesmo em que locais a voz deve e não deve efectuar cadências. Pretende então esta comunicação não apenas fazer um levantamento e análise destas descrições, mas também perceber de que forma estas se correlacionam, ou não, com a música efectivamente escrita em Portugal no período cronológico referido (segunda metade do século XVIII), tendo especificamente como objectos de estudo os fundos musicais do Arquivo da Sé de Évora e os Arquivos do Seminário Episcopal de Faro.
    Metadata:
    Status:
    Published
    Last Updated:
    4 years ago
    License:
    All Rights Reserved
    Share this:

    Downloads

    Item Name: pdf a-voz-e-o-corpo-performativo-comunicação.pdf
      Download View in browser
    Activity: Downloads: 234